Fórum dos Integrantes e Amigos da Tenda


 
Portal da TendaInícioCalendárioEntrar em contato com o administrador do fórum FAQRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Mensagem de Pai João de Aruanda - 3

Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Localização : Brasília-DF
Sexo : Masculino

MensagemAssunto: Mensagem de Pai João de Aruanda - 3   Qua 20 Maio 2009, 00:51

Do livro “Alforria” - Robson Pinheiro, pelo espírito de Pai João de Aruanda

DESEJOS E PRAZERES

A vida é feita de pequenos prazeres que se somam e os desejos emergem do fundo da alma, tendo a ver com nossas tendências, vontades e vivências. Quando meus filhos adentram a vida espiritual e iniciam a caminhada em direção ao descobrimento de si mesmos, trazem muitos conceitos que merecem revisão. Entre esses, pensam que obter prazer ou satisfazer seus desejos seja incompatível com a busca pela espiritualidade, o que provoca angústia e aflição. Meus filhos não percebem que essa atitude nada tem de espiritualidade? Deus conhece muito bem seus filhos, e o investimento do Alto não anula a humanidade de cada um de vocês. Portanto, meu filho, aprenda de uma vez por todas que a espiritualidade é para ser vivida aqui e agora. A eternidade é aqui e a felicidade deve começar agora. É preciso começar o ensaio para ser feliz já nesse mundo.

Quando nego-velho fala em viver plenamente as emoções, não quer com isso induzir ninguém ao desperdício de energia nas experiências lamentáveis. Nego fala em enfrentar-se e ter coragem de admitir seus desejos, vivendo e permitindo-se sentir prazer naquilo que faz, aprendendo a apreciar as coisas boas que o mundo tem. Quem ama se envolve, meu filho. E a massa da humanidade está carente de qualidade. E por esse motivo você está no mundo: para transmitir tanto a mensagem de otimismo, quanto a idéia de que é possível viver a vida com prazer, alegria e satisfação – porém de maneira honrada, não castradora nem punitiva. Não pense que prazer físico ou satisfação emocional sejam contrários à vida espiritual.

Nego-velho espera que meu filho possa rever seus conceitos e ter as emoções, os prazeres e os desejos na conta de parceiros, aliados na busca por realização. Utilize o charme, a elegância, a sedução através das palavras bem elaboradas, do pensamento bem orientado e não veja isso como pecado. Considere que, se Deus fez você assim e com todo esse conteúdo, é porque poderá utilizar tudo que possui, com o objetivo de ajudar você e o mundo em sua vivência espiritual.

Contudo, nego-velho quer chamar sua atenção para o fato de que existe vida além dessa vida. Viva sim, com alegria e otimismo, obtenha prazer naquilo que realiza, mas não se esqueça de que você é um espírito eterno. Considere que aqueles que caminham com você, meu filho, são tão humanos e carentes quanto você mesmo. Não espere de seu companheiro de jornada atitudes e vivências santificadas, pois nem ao menos você está preparado para tal coisa. Seja apenas humano e compreenda que, na Terra, todos são humanos, tão somente isso.

PLANEJAMENTO DA FELICIDADE

Para que qualquer negócio dê certo é preciso planejamento e estratégia que façam com que os planos sejam realizados um a um. Isso vale para tudo o que você tem em mente, tanto com relação à vida espiritual quanto com relação aos aspectos materiais e emocionais de sua existência. Quem semeia desordem colhe infelicidade e complicações. É preciso nadar a favor da correnteza do rio da vida, e não contra ela. Algumas pessoas insistem em dar braçadas no sentido contrário e depois reclamam que a vida não lhes deu a chance que ofereceu a outros.

É essencial, meu filho, que você peça a Deus sabedoria para perceber em que sentido fluem as águas da vida, da felicidade. Comece a nadar nesse sentido e descubra a correnteza de sua felicidade particular. Descubra em que direção sua vida apresenta facilidades e perceba os talentos depositados em você e diante de você. Invista numa estratégia para realçar aquilo de bom que sabe fazer. Trabalhe, invista e dedique-se às coisas com as quais você tem afinidade e que domina, com o máximo de satisfação e qualidade. Ninguém foi chamado para fazer o trabalho do outro.

Contudo, se alguém está colhendo das sementeiras da vida algo que não está de acordo com sua idéia de felicidade, algo está errado – e não é com a vida nem com Deus, que não são responsáveis pela nossa infelicidade. Não adianta culpar os outros; portanto, o erro está na estratégia empregada ou na falta de planejamento, o que faz com que você nade contra a correnteza. Pode ser que seja a hora de mudar, inovar. Mas nada, absolutamente nada ou ninguém é capaz de impedir que colhamos os frutos daquilo que semeamos. Portanto, se estamos colhendo algo que não nos agrada é porque a sementeira que fizemos foi compatível com a falta de satisfação que encontramos.

A colheita é sempre obrigatória para todos. Não perca suas energias em busca de culpados por sua infelicidade; isso não resolve nada e você acaba por perder mais tempo. Jogar a culpa sobre os outros é algo que há milhares de anos os homens fazem, ficando presos num círculo vicioso de culpa, sentimento de traição e busca de um bode expiatório para despejar sua insatisfação. Por outro lado, aqueles que tiveram coragem de admitir sua responsabilidade, tomando atitudes mais sadias e adultas, conseguiram superar os momentos de crise e se tornaram vencedores. Que tal, meu filho, ponderar um pouco sobre esse assunto?

TUDO PASSA

Todas as experiências são válidas e portadoras de grande ensinamento para o ser humano. Mesmo as coisas ruins que ocorrem com todo mundo, meu filho. Ninguém está vacinado contra dor, misérias e desespero. Mas, algumas pessoas interpretam dor e sofrimento de maneira peculiar, carregando um peso enorme sobre si próprio, chamando de merecimento. Esquecem-se que nem tudo na vida está vinculado ao merecimento, mas ao fator educativo, tão necessário a toda gente; e que nem sempre o que ocorre resulta do peso do merecimento, que alguns teimam em usar como desculpas.

Nessa escola da vida encontram-se matriculados alunos repetentes e carentes de lições mais intensas. É essa uma das causas das dificuldades, dos dramas e dos eventos drásticos que atingem tanta gente por aí e que se sucedem o tempo inteiro em qualquer parte do mundo. Não há como interpretar tais incidentes com falta de merecimento, como se Deus estivesse zangado com seus filhos. Ignoramos nosso passado espiritual e não costumamos reconhecer nossa necessidade de reeducação em tempo integral. É imprescindível ver, além de enxergar e acostumar-se com o fato de que nenhum de nós é espírito resolvido ou detentor de alta espiritualidade.

Nego-velho e os demais espíritos não vêm ao mundo para solucionar problemas de ninguém! Nosso trabalho consiste em apontar alternativas e possibilidades, torcendo que cada qual siga o caminho mais adequado para si. Tenha em mente que é você que terá de enfrentar as dificuldades decorrentes de suas escolhas. Há muita dignidade em enfrentar os desafios da vida. Manter-se fiel e produtivo nas atividades espirituais durante os tempos de bonança é algo corriqueiro, mas a todos estão reservados momentos de provas, conforme a necessidade de cada um.

No entanto, podemos ter a certeza de que todo drama é passageiro, mesmo que aos seus olhos, meu filho, pareça demorar. Tudo passa nas experiências terrestres, tanto as coisas boas como as ruins. Dessa realidade, meu filho, podemos depreender que você não deve se embriagar com as coisas boas da vida, nem com as ruins. As experiências terrenas se alternam conforme a rota traçada no mundo oculto. Não há como fugir ao enfrentamento dos momentos difíceis. Não morra antes da morte chegar – o sofrimento não é eterno. Nada é para sempre no campo do aprendizado pessoal, nem a dor nem o prazer. Aprendamos isso, meu filho, e façamos de tudo para suavizar nossas dores e descobrir o sentido oculto em tudo o que ocorre em nossas vidas.

A dor é para todos, mas o sofrimento é apenas para quem quer. Basta dar uma olhada nos exemplos que o mundo nos apresenta a cada dia, nas pessoas que não se entregam de forma alguma às lágrimas e lamentações. Suas dores e inquietações não são menores que as nossas, meu filho, mas a postura íntima é que define o grau de sofrimento experimentado. Medite sobre isso um pouco. Tudo passa, meu filho... Até mesmo seus conceitos são renovados e renováveis.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://tendadeoxala.forumeiros.com
 
Mensagem de Pai João de Aruanda - 3
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Mensagem de ano novo
» UMA MENSAGEM DE FE,ESPERANÇA E CONFIANÇA NAQUELE QUE TE FORTALECE
» MENSAGEM DE FE E OTMISMO, CONFIE SEMPRE NO SENHOR
» Logaritmo - (mensagem codificada)
» † Mensagem aos que não crêem em Deus †

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum dos Integrantes e Amigos da Tenda :: Sala de Leitura :: Textos Espíritas-
Ir para: