Fórum dos Integrantes e Amigos da Tenda


 
Portal da TendaInícioCalendárioEntrar em contato com o administrador do fórum FAQRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Mensagem de Pai João de Aruanda - 7

Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Localização : Brasília-DF
Sexo : Masculino

MensagemAssunto: Mensagem de Pai João de Aruanda - 7   Qua 20 Maio 2009, 00:06

Do livro “Alforria” - Robson Pinheiro, pelo espírito de Pai João de Aruanda

A ESPERA DE UM MILAGRE

Está esperando o quê, meu filho? Nego-velho vê o quanto as pessoas perdem seu tempo esperando a vida passar, as oportunidades aparecerem e, estacionadas, aguardam algum milagre que as faça despertar. Alimentam a fantasia de que têm uma missão, mas que ainda não é hora de assumir o que está destinado. Iludem-se, pois os indivíduos que possuem uma tarefa a realizar executam-na sem exigir nenhuma prova ou sinal do Alto. Mãos à obra, meus filhos! Chega de perder seu tempo na expectativa de aprovações ou comprovações. Você aguarda um milagre ou algo parecido? Irá se decepcionar.

Pois, enquanto isso, o mundo caminha velozmente em trabalho incessante de aperfeiçoamento. A tarefa é simples assim. A maior mediunidade que podemos aspirar é possuir o serviço incansável em benefício dos filhos do calvário. Nego-velho vê muita gente planejando entregar-se ao trabalho do bem, mas enquanto esse dia não chega, cedem a qualquer apelo do mundo, interrompem os compromissos assumidos na instituição a que se dedicam e desculpam-se a toda hora. Reclamam, exigem, impõem condições e aguardam indefinidamente.

EXIGÊNCIAS, FUGAS E JUSTIFICATIVAS

Há muita gente boa por aí que, apesar de ter idéias interessantes, ser comprometida com o bem, ter um trabalho nobre e ser um ótimo cidadão, não obtém sucesso... Mas, contam sinceramente com que os demais cumpram seu papel diligentemente, sem titubear, para que sejam supridas as necessidades básicas. Nego-velho fica a imaginar que esses filhos por vezes se dedicam a cobrar dos outros a realização de coisas simples que eles mesmos não dão conta de fazer. Repare, filho, que quem age assim nunca está satisfeito consigo mesmo. Projeta essa insatisfação no mundo, nas pessoas ao seu redor, cobrando delas impacientemente, embora de maneira inconsciente. Lançam mão de palavras duras na hora do diálogo e ferem muita gente pelo seu modo de falar, disfarçado de sinceridade.

Será mais fácil exigir dos outros em vez de se empenhar e educar-se ante as atitudes que você já identificou em si mesmo? É muito comum essa característica humana, em que o ser se esconde por detrás de comportamentos alheios a fim de não abandonar os padrões antigos. Reluta em mudar e vive procurando justificar seu jeito de ser. Entretanto, apesar dessa forma de se comportar, não abre mão das exigências para com os outros.

Não se assuste, meu filho: é que quando a gente ama o filho querido, nos preocupamos com certas coisas. Principalmente se vemos o filho do nosso coração se sentindo tão insatisfeito consigo mesmo. Nego-velho pergunta: se você está insatisfeito, filho, porque não modificar, se esforçar, insistir e pedir ajuda? Caso o seu jeito lhe agrade, porque motivo então se queixar das coisas, que não são como você acha que deveriam ser? Ou o mundo está errado? Nossas justificativas e alegações, por mais nobres que pareçam, filho, não resolverão os problemas nem solucionarão os equívocos da caminhada. Além do mais, servirão para aumentar a falta de confiança que os companheiros de jornada depositam em nós. É isso mesmo, pois é bom recordar, meu filho, que a confiança é algo difícil de conquistar, mas extremamente fácil de ser perdida.

RITMO

Em qualquer situação da vida, temos que considerar que cada um tem limites, mas seu ritmo de vida, desde que explorado convenientemente, será um excelente aliado para o progresso de todos. Viver uma experiência nova, que transcenda seu ritmo, ou ainda ampliar essa cadência só será possível mediante o amadurecimento e o reconhecimento realizado por si próprio de que é imperioso modificar-se. Esse respeito ao ritmo pessoal será de imensa valia quando estiver prestes a exigir demais de si mesmo.

Ante as dificuldades encontradas nos relacionamentos interpessoais, pense na lei do ritmo e lembre que para cada estilo é necessário um método diferente. Isto é, uma vez que todos os seres vibram em um ritmo particular, a metodologia empregada para cada um deve ser diversificada, compatível com a pluralidade de compassos, harmonias e características individuais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://tendadeoxala.forumeiros.com
 
Mensagem de Pai João de Aruanda - 7
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Mensagem de ano novo
» UMA MENSAGEM DE FE,ESPERANÇA E CONFIANÇA NAQUELE QUE TE FORTALECE
» MENSAGEM DE FE E OTMISMO, CONFIE SEMPRE NO SENHOR
» Logaritmo - (mensagem codificada)
» † Mensagem aos que não crêem em Deus †

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fórum dos Integrantes e Amigos da Tenda :: Sala de Leitura :: Textos Espíritas-
Ir para: